Uma das ferramentas mais conhecidas na gestão de produto é o Roadmap, mas você sabe o que ele realmente é e para que ele serve? Para quem olha para um Roadmap com uma visão de gestão de projetos tende a desvirtuar um pouco o seu significado, pensando no Roadmap como se fosse uma extensão de gráficos de Gantt ou mesmo um documento repleto de datas e escopos.

Mas o que é um Roadmap?

Um Roadmap é na verdade um documento de comunicação, um guia que irá comunicar qual é a visão estratégica para o seu produto no futuro. Basicamente ele é a intersecção entre as necessidade de negócio da sua empresa, as necessidades do seu cliente e o que é tecnicamente possível de ser feito. Esse guia é importante tanto para comunicação externa, para clientes por exemplo, como interna, desde investidores até desenvolvedores e equipe de venda.

Product Management

Para que serve um Roadmap?

Na minha visão o grande valor de um Roadmap, ou seja, o fato de comunicar a todos a onde o seu produto está e para onde ele está indo, é principalmente dois pontos: manter todos os envolvidos (externos ou internos) alinhados e verificar se seus os objetivos a nível de negócio estão refletindo e sendo atingidos pelo seu produto.

Alinhando a equipe

Trabalhando em uma realidade ágil de desenvolvimento de software, onde o seu produto é atualizado semanalmente ou até diariamente, é fundamental que a sua equipe de desenvolvimento saiba qual é a visão para o seu produto no futuro. Sem esta visão a equipe de desenvolvimento corre um grande risco de entregar a coisa errada, só que de uma forma muito mais ágil.

Uma vez que o time de desenvolvimento tenha claro quais são os objetivos do produto a médio e longo prazo é muito mais fácil priorizar as atividades certas. É claro que isso não exime o gerente de produto ou product owner de acompanhar o time e garantir que as entregas estejam alinhadas com os objetivos pretendidos, mas com certeza torna esse trabalho muito mais fácil, pois na grande maioria das vezes a própria equipe já tem claro o caminho que deve seguir .

Mas não é só a equipe de desenvolvimento que é beneficiada pela existência de um Roadmap. Essa comunicação clara da visão de futuro do seu produto também é muito relevante para os clientes, visto que dessa forma é possível controlar as expectativas deles com relação as novas funcionalidades que seu produto terá. Outra importante função do Roadmap é possibilitar que o gestor de produto justifique o fato de aceitar ou negar determinada sugestão.

Além do time de desenvolvimento e dos seus clientes, outros stakeholders também são afetados positivamente pela comunicação do seu Roadmap. Como a equipe de vendas, que pode saber claramente o que esperar ou não do produto para o futuro e a camada de negócio da empresa, que pode conferir e saber se os objetivos a nível de negócio estão ou estarão sendo refletidos no produto.

Para finalizar eu sempre gosto de dar um alerta nesse ponto, é importante ressaltar que um Roadmap é um plano e não um compromisso. Isso quer dizer que não necessariamente tudo que está planejado em um Roadmap será efetivamente realizado, até porque a cada dia são feitas novas descobertas, o que certamente irá impactar nos seus objetivos de médio e longo prazo também.

Monitorando objetivos

Como citado anteriormente uma  importante função de um Roadmap e verificar se os objetivos definidos para o seu produto estão sendo atingidos. Ou seja, toda vez que uma história é adicionada ao seu Roadmap é importante definir claramente qual é o objetivo dela e quais são os cirtérios de sucesso desta história. Com essas duas informações em mãos é possível verificar, após a entrega, se esses dois pontos foram atingidos ou não.

Essa cultura de metrificar o seus objetivos é fundamental para que se acompanhe passo a passo o desenvolvimento do seu produto e se tenha certeza quando uma etapa do seu Roadmap foi concluída com sucesso ou não. Só assim será possível seguir em frente com confiança de que o trabalho foi efetivamente bem feito ou de voltar para a prancheta e traçar novos planos para o seu produto.

Como começar um Roadmap?

Em um próximo post eu irei entrar em mais detalhes sobre como fazer um Roadmap e, principalmente, como mante-lo. Mas uma dica essencial, e que você pode começar a exercitar desde já, é antes mesmo de definir quais funcionalidades o seu produto vai ter, definir quais são os objetivos a nível de negócio que determinada funcionalidade precisa alcançar. Para ajudar nesse processo uma ótima referência é este e-book do Steve Johnson.

Quer saber mais sobre Gestão de Produtos, SaaS, Startup e Agile? Então cadastre-se na minha newsletter e receba os meus novos posts por email! Vou enviar no máximo um email por semana, não se preocupe!

Seu nome

Seu e-mail

Written by Alexandre Spengler